sábado, 21 de maio de 2011


« (..) e se todas as tardes se repetissem. e se todos os pôr-de-sol se tornassem rotina. e se todos os beijos se tornassem viciantes. e se todas as palavras que dizíamos se tornassem uma sobrevivência. e se todas os nossos amuos se tornassem um pretexto para nos beijarmos. e se todas as nossas promessas servissem de uma base para eu sobreviver. e se todos aqueles momentos me dessem energia suficiente para viver. e se todos aqueles trocares de olhares me fizessem sorrir como nunca. e se todas as vezes que estavamos de mão dada, fosse mais um dia que vivia. e se todos aqueles gestos que tinhas comigo, fossem a única razão para ficar horas a olhar para os teus olhos. eu iria então dizer, que o meu coração estaria bem entregue. »

(inventado)

1 comentário: