sexta-feira, 27 de maio de 2011

minha pequenina.


os erros são de humanos. a compaixão é de pessoas. o amor é de apaixonados. o orgulho é de todos. a saudade é das pessoas que dão valor. e admitir os erros é de alguém guerreiro. não sou guerreira, porque não admito os meus erros. tenho saudade, saudade de quando olhávamos para a nuvens e víamos objectos ou então tu dizias 'epa, nunca consigo ver nada :c' , saudade das mensagens amorosas que te mandava, saudade de te abraçar sentidamente, saudade de dizer que estava tudo bem, saudade de não ter de mentir a todos, saudade de quando tudo se tornava fácil ao teu lado, é por ter saudade que te dou valor? não. o orgulho ultimamente tem vindo a apoderar-se de mim, algo que nunca tive. sinto-me bem contigo, sinto necessidade de estar contigo independentemente do nosso estar, sinto que és uma irmã. compaixão, talvez seja a palavra que mais me define, tenho compaixão por todos, e é deste modo que mais me magoou. e errar? sim, todos erram, uns mais do que os outros, mas acabam sempre por errar, por sermos demasiado perfeccionistas connosco mesmo.

1 comentário: