segunda-feira, 10 de outubro de 2011


foram horas apenas a ouvir-te rir. foram dias á chuva a olhar-te nos olhos e a agradecer a todos por teres vindo ao meu encontro. foram noites de conversas maravilhosas. foram palavras sentidas e absolutamente sinceras para no final de tanto tempo, acabar. foram promessas que nunca foram cumpridas e lágrimas que ainda hoje escorrem pela cara. foram tantas palavras para serem esquecidas. foram tantos 'para sempre' para nunca haver uma ultima palavra, um ultimo abraço, um ultimo olhar e um ultimo amo-te. foi tudo o que contigo partilhei que eu sei que nunca irás quebrar. foram os maiores segredos que nunca os irás desvendar. foram as melhores tardes que nunca irás esquecer, como eu. foram 4 anos de plena amizade que talvez precisava mesmo disto. não te condeno e muito menos de julgo por teres tomado a decisão mais acertada, mas quero que saibas que quando o mundo estiver a cair, eu vou estar aqui, como sempre te prometi, e como sempre nos aconteceu. irei sempre estar de braços abertos, e com uma palavra de saudade. irei sempre te receber a qualquer altura, porque nada é para sempre mas é até ao fim. prometo-te que serei sempre a tua segurança, apenas a um abraço de distância. tu vais estar presente sempre na minha vida, seja esse o momento qual for. tu és aquela amiga que eu sempre esperei, desculpa se sempre te magoei. i still love you, a lot, pequenina.

Sem comentários:

Enviar um comentário