quinta-feira, 17 de novembro de 2011





seguiste o teu caminho, pisando-me novamente. fizeste o teu jogo, criaste as tuas escolhas, não te importando com o que te rodeia. esquecendo o nosso passado e aquilo que fiz por ti, o que sempre fiz por nós. lutaste pelas tuas conquistas e mais uma vez ficaste feliz com a minha infelicidade. hoje digo-te, não te conheço, cada vez me supreendo mais com as tuas atitudes, algo que não deveria acontecer, visto que foram tantas as vezes que por ti chorei. ainda me pergunto se foste tu que mudaste, ou se fui eu que realmente, nunca te conheci. ainda me questiono pelo nosso passado, sim o passado que esqueceste. ainda me pergunto por aquele amor de irmã que tinhas por mim. ainda me questiono por tantas perguntas, ás quais, sinceramente não quero respostas. talvez eu seja demasiado boa para quem pouco por mim sofreu. sim, nunca fui perfeita na nossa amizade, e cometi alguns erros que por vezes não me orgulho, mas sabes? sempre fiquei feliz com a tua felicidade e sempre pus de parte as minhas prioridades por ti. sempre me sacrifiquei por algo que sempre quis, e sempre fiz de tudo para te agradar e por vezes, cheguei a excluir a minha felicidade, apenas para puder te ver sorrir. e sim isto, é uma amizade verdadeira, talvez algo que nunca foste capaz de me dar.

Sem comentários:

Enviar um comentário