quarta-feira, 25 de janeiro de 2012


finalizei o meu esforço. finalizei as minhas ultimas forças para lutar contra todos e cheguei á conclusão que todos os dias lutava contra ti, também. vou finalizar a nossa história, tão perto de um ano, tão perto do nosso dezoito. e como tu próprio me prometeste, nada seria para sempre mas até ao fim e talvez este seja o momento para me despedir de ti, já que nunca fui capaz de o fazer, pois sempre vivi no mundo em que nós construimos, e tu, saíste dele, para sempre. já te percebeste do quanto intensa esta palavra se tornou para mim, e como se tornou pior de todas as que tu me poderias dizer, até mesmo um adeus. finalizar a nossa história, vai ser o mesmo que querer gritar e ninguém me ouvir, correr sem pernas e falar sem coração. vou ter de remar de novo para o porto, isolada de todos os marinheiros que me querem acolher e sonhar todas as noites, em direcção ao horizonte e murmurando todas as palavras que me disseste. eu sei o que é ter saudades e não puder dizer nada. sei o que é chorar todas as noites e acabar por sufocar-nos nas nossas próprias lágrimas. sei o que é estar constantemente a fingir que nos encontramos bem. sei o que amar uma pessoa e não o puder dizer a ninguém e mais do que isso, sei o que é ter uma história tão importante como a nossa e ser apenas um segredo. em tempos, tornei-te um sonho, mas agora, torno-te passado e não porque essa foi a minha escolha, mas sim, o caminho que tu seguiste. agora, vou-me limitar a limpar as lágrimas que já não me deixam escrever, vou recompor-me para uma outra noite, a pensar nas possíveis mensagens que me poderias mandar e saber que agora, tu estás feliz, e que por momentos eu fico feliz por ti, por teres coragem de enfrentar todos e puderes-te esquecer tão rapidamente da pessoa, como tu o dizias, que mais te fez feliz numa só noite, enquanto olhavas pela janela, apreciando a vista do outro lado da rua, meu misterioso e antigo amor. e ainda hoje, penso se tudo o que me dizias era tão verdadeiro, como tu hoje o demonstras.

3 comentários: