domingo, 5 de fevereiro de 2012


não te dá um bocado de medo? sei lá, de eu ir embora ou algo acontecer e eu ter que partir. acho que não sou só eu, mas toda a gente já pensou em algo do tipo “e quando eu for embora, quem vai sentir minha falta?”. no meu caso, penso se tu sentirias a minha falta, como seria a tua reacção. se te irias acostumar rápido, ou me trocar. dói quando imagino essa parte. diz-me será que tu chorarias? não gosto de te ver chorar, mas acho que ficaria feliz se fosse por mim, pela minha falta. terias algum arrependimento? algo que gostarias de ter feito ou falado comigo? e os nossos planos, seriam teus com um outro alguém? ou o que é nosso, nunca vai ser de mais ninguém? pareci uma otária, por me questionar tanto antes de tu, ou eu, termos partidos, mas mais otária sou por ainda chorar, não só de imaginar, mas por saber que é verdade. que não passei da pequena leoa que estava aqui, quando tu mais precisavas, mas esta, era a otária que sempre te amou, até quando ninguém te quis amar.

2 comentários:

  1. A-D-O-R-E-I.. está fantástico.
    Sei que é dificil, mas a única coisa que te posso dizer é, muita força*
    Beijinhos.

    ResponderEliminar